SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE

CNPJ/MF nº 60.517.984/0001-04
Fundação:
25/27 de janeiro de 1930 (16 de dezembro de 1935).
Apelidos: O Mais Querido, Clube da Fé, SPFC, Tricolor Paulista.

Esquadrão de Aço (30-34), Tigres da Floresta (30-35), Rolo Compressor (38-39, 43-49), Tricolor do Canindé (44-56), Rei da Brasilidade (50-60), Tricolor do Morumbi (60-), Máquina Tricolor (80/81), Tricolaço (80/81), Menudos do Morumbi (85-89), Máquina Mortífera (92/93), Expressinho Tricolor (94), Time de Guerreiros (2005), Soberano (2008), Jason (08-09).

Mascote: São Paulo, o santo.

Lema: Pro São Paulo FC Fiant Eximia (Em prol do São Paulo FC façam o melhor).

Endereço: Pr. Roberto Gomes Pedrosa, 1. Morumbi; São Paulo - SP.
CEP: 05653-070.
Site Oficial: www.saopaulofc.net ou www.spfc.com.br

E-mail: site@saopaulofc.net
Departamento Amador: esportesamadores@saopaulofc.net

Telefone: (55-0xx11) 3749-8000. Fax: 3742-7272.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Lucas, em números

TEXTO DE VINICIUS INCROCCI
Do http://vinicius27.tumblr.com/ e @vinicius27

Lucas é uma das grandes revelações do Brasil. Pelas propostas que recebe já se tornou a revelação mais valiosa do CFA de Cotia e fez por merecer tal status. Vou traçar o histórico dele, com todos os números disponíveis para demonstrar sua capacidade, qualidade e importância para o clube.

2010

Vamos do inicio, Lucas, ainda Marcelinho, foi camisa 10 do SPFC na Copa São Paulo de juniores, em 2010, fomos campeões. Ele jogou 8 vezes, sempre como titular e foi substituído apenas uma vez. Fez 5 gols e deu 5 passes para gol. Pode-se dizer que ele decidiu a segunda fase, com a assistência da vitoria e decidiu o jogo de quartas de final, com o gol da vitoria.

É errado dizer que ele subiu por causa do Sergio Baresi, ele foi pro CT da Barra Funda antes, inclusive seu primeiro jogo foi sob o comando do Milton Cruz. Naquele ano jogou apenas o Brasileiro como profissional, fez 25 jogos, 22 como titular e foi substituído 10 vezes. Fez 4 gols (2 deles de vitoria e nos valeram 6 pontos no campeonato), deu 4 passes para gol (2 deles valeram vitorias também, mais 6 pontos) e levou 4 amarelos, nos desfalcando uma vez por suspensão.

Contando apenas os jogadores do SPFC naquele Brasileiro: foi o sétimo que mais jogou (96% desde a estreia e 65,8% do total), quarto artilheiro (7,4% dos gols do time), segundo em assistências (12,1% do total) e oitavo que mais levou amarelos.

2011

Ganhou moral com o bom desempenho e no inicio de 2011 recebeu a camisa 7. Desde então nunca mais foi reserva no Clube, sempre que jogou, foi titular. No Paulistão disputou 8 jogos e foi substituído em 3 deles. Fez 3 gols (1 de vitoria), deu uma passe pra gol (que nos garantiu um empate), levou 3 amarelos. Nos desfalcou 13 vezes: 10 por servir à CBF, 2 jogos por lesão (nos dois jogos eliminatórios da competição) e 1 jogo por suspensão. 

Contando apenas os jogadores do SPFC naquele Paulista: foi décimo sexto que mais jogou (38% dos jogos), quarto artilheiro do time (7,3% dos gols), sétimo em assistências (4,3% das assistências) e sétimo que mais levou amarelos.

Tivemos a Copa do Brasil, torneio que disputamos até as quartas de final, Lucas jogou 4 jogos, saiu em 1 deles. Não fez gols, deu uma passe pra gol (valeu vitoria na primeira fase), levou um vermelho. Nos desfalcou 3 vezes: 2 por lesão e 1 por suspensão.

Contando apenas os jogadores do SPFC naquela Copa do Brasil: foi o décimo segundo que mais jogou (57,1%), segundo que mais fez passes para gols (14,3%) e único que foi expulso.

Na Sul Americana do mesmo ano ele disputou 3 jogos, saiu duas vezes, fez 1 gol e deu um passe para gol. Nos desfalcou umas vez, servindo à CBF.

Entre os jogadores do SPFC: foi o oitavo que mais jogou(75%), acabou como jogador que mais fez gols (20%) e deu assistências (20%), pois ninguém chegou a 2 em nenhum dos quesitos.

Não conseguimos nem o objetivo mínimo no Brasileiro daquele ano, o elenco não era lá essas coisas e todos deixaram a desejar. Lucas jogou 28 vezes, saiu em 8 delas. Fez 9 gols (2 valeram vitorias e 1 nos garantiu um empate), deu 4 passes para gol (3 deles nos valeram vitorias), levou 8 amarelos e foi expulso uma vez. Nos desfalcou 10 vezes: 7 servindo à CBF e 2 por suspensão.

Contando apenas os jogadores do SPFC naquele Brasileiro: Foi o oitavo que mais jogou (73,7%), artilheiro do time (15,8%), segundo em assistências (11,1%), terceiro em amarelos e terceiro que mais foi expulso.

Resumo do ano de 2011: 43 jogos, saiu 14 vezes, 13 gols (3 de vitoria e 1 de empate), 7 passes para gols (4 de vitoria e 1 de empate), levou 11 amarelos, 2 vermelhos e nos desfalcou 27 vezes (18 pela CBF, 4 por lesão e 5 por suspensão).

Foi o nono que mais jogou (61,4%), segundo artilheiro (11,6%), segundo assistente (9,3%), quinto que mais levou amarelo e segundo que mais foi expulso no ano.

2012

Passamos da metade do ano e já disputamos por inteiro duas competições, a primeira delas, o Estadual, Lucas jogou 21 vezes, em 5 foi substituído, fez 6 gols (todos valeram vitorias na primeira fase), deu 4 passes para gol (1 valeu vitoria, também na primeira fase). Não foi advertido, nem desfalcou o Time. Como curiosidade, nesse Paulista foi a primeira vez que ele vestiu a faixa de capitão do Clube, no segundo tempo do clássico contra o Santos, na primeira fase.

Somente pelo SPFC: foi o que mais jogou (100%), segundo artilheiro do time (12,8%), terceiro em assistências (13,3%).

Considerando o campeonato e todos os times: foi o melhor driblador do campeonato, com 165 dribles certos; foi o segundo que mais recebeu faltas, 74 e foi o quarto jogador que mais finalizou em gol no Paulista, 28.

Também já encerramos nossa participação na Copa do Brasil, Lucas jogou todos os 9 jogos do time, saiu 2 vezes, fez 2 gols (ambos valeram vitorias, um nas oitavas e um na semi), deu 2 passes para gol (um valeu vitoria, nas quartas). Levou 3 amarelos, mas não nos desfalcou na copa (desfalcaria no primeiro jogo da final).

Somente pelo SPFC: foi o que mais jogou (100%), segundo artilheiro do time (11,1%), primeiro em assistências (18,2%), terceiro que mais levou amarelos.

Considerando o campeonato e todos os times: foi o segundo atleta que mais acertou cruzamentos na competição, 7; foi o melhor driblador desse torneio também, com 73; segundo jogador que mais sofreu faltas, 25 e foi o segundo da competição que mais finalizou em gol, 15 vezes.

Ainda teremos Sul Americana esse ano e estamos na disputa do Brasileiro, nesse torneio ele já disputou 6 partidas, saiu em 3, fez 1 gol, deu 2 assistências, levou 1 amarelo e já nos desfalcou 4 vezes servindo à CBF, número que vai crescer durante a disputa dos jogos olímpicos.

Resumo do ano de 2012, considerando até o jogo contra o Vasco. 36 jogos, saiu 10 vezes, 9 gols (8 para vitorias), 8 passes para gols (2 para vitorias), levou 4 amarelos e nos desfalcou 4 vezes, sempre servindo à CBF.

No SPFC foi o quarto que mais jogou (90%), terceiro que mais fez gols (10,4%), segundo que mais deu assistências (15,7%) e nono que mais levou amarelos.

Total dele no clube:

104 jogos, 101 como titular (97,1%), saiu em 34 deles (32,7%).
26 gols – 13 valeram vitorias e um valeu empate (53,8% decisivos).
19 assistências – 8 valeram vitorias e uma valeu empate (47,4% decisivas).
19 cartões amarelos e 2 vermelhos.
Desfalcou o clube 32 vezes – 22 pela CBF, 4 por lesão e 6 por suspensão.

Seleção Brasileira

Como vimos, a maior causadora de desfalques do Lucas no SPFC é a CBF, então vamos aos números dele por lá... Em 2011, logo em janeiro, disputou, pela Sub20, o Sul Americano da competição, torneio que classificou o Brasil para os jogos olímpicos que serão disputados nos próximos dias. Ele jogou todos os 9 jogos do torneio, 8 como titular e saiu 4 vezes (curiosidade: no jogo que não foi titular ele entrou e saiu). Fez 4 gols, deu 3 assistências (1 delas valeu vitoria na primeira fase) e levou 3 amarelos.

Nesse mesmo ano disputou 6 amistosos pela seleção, foi titular em 3 deles, substituído em todos. Fez 1 gol, que valeu vitoria e “titulo” naquela disputa com a Argentina e levou um amarelo.

Ainda em 2011 participou da Copa America, jogou os 4 jogos do Brasil no torneio, nenhum como titular e não fez gols, nem passes (também não passou vergonha, como alguns companheiros, batendo pênaltis na lua).

Em 2012 disputou 5 amistosos pela seleção, foi titular, e substituído em 1 deles. Deu um passe para gol.

Considerando apenas a seleção profissional, Lucas já tem 15 jogos, 4 como titular (26,7% dos jogos), fez 1 gol (pra vitoria), deu 1 passe pra gol e levou um amarelo.

Total desde que fez seu primeiro jogo pelo SPFC e como profissional:

128 jogos, 113 como titular (88,3%), saiu em 42 deles (32,8%).
31 gols – 14 valeram vitorias e um valeu empate (48,4% decisivos).
23 assistências – 9 valeram vitorias e uma valeu empate (43,5% decisivas).
23 cartões amarelos e 2 vermelhos

Juntando clube e seleção, só considerarei as vezes que ele desfalcou por lesão ou suspensão na sua carreira. Foram 10 vezes: 4 por lesão e 6 por suspensão.

5 comentários:

  1. Só falta um título. E ele merece.

    ResponderExcluir
  2. Mas acho que já vai embora. Um Ieso Amalfi dos nossos tempos.

    ResponderExcluir
  3. A presença desse garoto é fundamental para o São Paulo.

    ResponderExcluir
  4. Lucas foi, e sempre vai cer um dos maiores jogadores da história do spfc(glorioso tricolor do Morumbi)

    ResponderExcluir
  5. Wе stumbled over heгe by a different ωebsite аnd thought I shоuld cheсκ thіngs out.
    І like what I see so noω і'm following you. Look forward to exploring your web page yet again.

    Here is my weblog - reputation management

    ResponderExcluir

Grandes Taças