SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE

CNPJ/MF nº 60.517.984/0001-04
Fundação:
25/27 de janeiro de 1930 (16 de dezembro de 1935).
Apelidos: O Mais Querido, Clube da Fé, SPFC, Tricolor Paulista.

Esquadrão de Aço (30-34), Tigres da Floresta (30-35), Rolo Compressor (38-39, 43-49), Tricolor do Canindé (44-56), Rei da Brasilidade (50-60), Tricolor do Morumbi (60-), Máquina Tricolor (80/81), Tricolaço (80/81), Menudos do Morumbi (85-89), Máquina Mortífera (92/93), Expressinho Tricolor (94), Time de Guerreiros (2005), Soberano (2008), Jason (08-09), 633 Squadron (2009).

Mascote: São Paulo, o santo.

Lema: Pro São Paulo FC Fiant Eximia (Em prol do São Paulo FC façam o melhor).

Endereço: Pr. Roberto Gomes Pedrosa, 1. Morumbi; São Paulo - SP.
CEP: 05653-070.
Site Oficial: www.saopaulofc.net ou www.spfc.com.br

E-mail: site@saopaulofc.net
Departamento Amador: esportesamadores@saopaulofc.net

Telefone: (55-0xx11) 3749-8000. Fax: 3742-7272.

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Uma prova de honestidade

Muita gente ainda gosta falar bobagens, espalhando boatos por ai. Principalmente sobre uma suposta ajuda do Governo do Estado de SP na construção do Morumbi, por causa da figura política de Laudo Natel.

Como se sabe, Laudo Natel foi governador interino, por 8 meses, entre 1966 e 1967. E depois, governador titular a partir de 1971. Também é notório que o Morumbi foi concluído em 25/01/1970, data de sua inauguração definitiva. Resta, todavia, esse período de 1966-67 para se 'analisar'. Além do período em que Laudo Natel foi vice-governador (1963-1966. Naquela época, o vice era eleito em chapa independente, separado do cargo de governador. Natel era, inclusive, adversário político do governador eleito, Adhemar de Barros).

Já tratamos anteriormente de desmistificar tudo isso em outros artigos. Mas caso ainda não baste, vamos a esses quadros, que se encontram justamente na sala em que trabalho, no Arquivo Histórico do SPFC:


Neles vemos claramente que, depois de inaugurado parcialmente, em 2 de outubro de 1960, o estádio praticamente não teve 'nada novo' construído até 1968. Basta comparar os dois quadros, de 1961 e 1968. Ou seja, 7 anos onde nada avançou significativamente. Justamente no período onde Laudo Natel esteve envolvido na política estadual.

Como se sabe, as obras do Morumbi se dividem em duas fases principais: 1952-1960 e 1968-1970. A primeira à base de venda de cadeiras cativas, titulos patrimoniais e outros empreendimentos e promoções. A segunda, com base, quase exclusivamente, do Carnê Paulistão.

Ajuda governamental? Lenda...
Simples assim.

11 comentários:

  1. E a doação dos terrenos?

    ResponderExcluir
  2. Verdade, o MP de SP até está pedindo anulação da doação dos terrenos...

    http://www.midiasemmedia.com.br/paulinho/?p=22689

    ResponderExcluir
  3. Quanta credibilidade nestes dois comentários.

    Além de não estar assinado, ele dá como fonte o Moto-Blog.

    Tsc, tsc, tsc...

    ResponderExcluir
  4. haha, voltaremos a conversar depois do caso arquivado.

    ResponderExcluir
  5. *detalhe, já tentaram reverter a doação, não conseguiram, agora essa haha.

    Tudo isso é por causa daquele mesmo carinha, torcedor fanático de um certo time da capital, que tentou mover algo contra no tal "Morumbi Cidadania" e foi até expulso da "ONG" haha

    ResponderExcluir
  6. Caramba... Nessa época a bola devia viver caindo na rua. Melhor que cair no rio...

    ResponderExcluir
  7. Ahhhhh se O SPFC fizesse esses levianos provarem o que dizem!

    ResponderExcluir
  8. Michael e amigos, quero ver os arrogantes maloqueiros construírem o ITAQUERÃO sem $$$$$$ público!! quero ver...
    A conta na FAVELA não fecha no azul à anos, e quem em sã consciência iria aplicar 1 real naquela zona?
    O MorumTRI é nosso, teve carnet, bingo, doação, criatividade, aperto de cinto, mas conseguimos.
    Foda-se a Copa 2014, quero mais conquistas de títulos, isto sim!
    [ ]s

    ResponderExcluir
  9. A utilização do terreno pertencente à prefeitura em Itaquera para a construção de um estádio para o Corinthians é um crime social e de lesa Pátria contra o povo da ZL. A Lei 10.622 de 09/09/1988 concedeu-lhe este direito de construir um estádio em área que pertencia à COHAB/SP para a CONSTRUÇÃO DE MORADIAS POPULARES, e tinha 4 anos p/ construir.
    Não o fez, e a CPI/2001 rescindiu esta concessão
    http://www.partes.com.br/ed22/esportes.asp
    Oras, se não foi cumprida a Lei e tampouco a CPI, e se a Lei foi revogada é legal esta concessão?
    Em Itaquera está sendo construído o Pólo Institucional Itaquera, um estádio ao lado deste Pólo é incompatível, este público não é próprio para a finalidade estabelecida para o Pólo, uma vez que se reconhecem e se intitulam um bando de loucos, ou seja, vândalos ensandecidos, impacto de vizinhança, além do prédio 2 (RODOVIÁRIA) que irá saturar o trânsito das vias locais, que já não está bom, causando sério impacto sobre o trânsito da região.
    Neste Pólo haverá Fórum, ETEC/FATEC/SENAI, Centro Cultural, segurança (PM e Bombeiros), rodoviária, laboratório para pesquisa, além de centro comercial etc.
    O que está faltando?
    SAÚDE, porque não podemos aproveitar esta área enorme remanescente, verdadeiro latifúndio de terras públicas urbanas para um uso mais nobre, e social, como por exemplo, a construção de um HOSPITAL ESCOLA POLICLÍNICO como o Hospital das Clínicas, gerando mais de 2.000 empregos diretos, afinal o HC está saturado e serviria a uma população de 4 milhões de habitantes da ZL, o qual atenderia diariamente milhares de pessoas, de Guaianazes, Ermelino Matarazzo, Itaim Paulista, Cidade Tiradentes, etc, que hoje é sacrificante e caro sair destes bairros e ir até o HC.
    Esta descentralização é vital para desafogar o Metrô e demais formas de mobilidade pública da ZL. Além de ser uma atividade compatível e complementar ao Polo Institucional Itaquera.
    O Corinthians ao ceder esta concessão municipal a terceiros com o intuito de auferir lucros a estes “investidores”, no caso a Odebrecht, comete um crime, pois ceder patrimônio público concedido gratuitamente por 90 anos com uma finalidade social e este terceiriza para “investidores” que nada pagarão à prefeitura em uma região tão carente, é um crime de lesa Pátria e principalmente crime social.
    A ZL tem uma deficiência enorme de habitação, este terreno deveria ser revertido à COHAB, que tem uma finalidade social mais importante do que construir um circo mambembe, o povo de Itaquera não é palhaço.
    Gostaria que levantasse esta bandeira de se construir ali um bom e ótimo HC da ZL, este povo merece, não merece circo, repito, não é palhaço.
    O uso de Patrimônio Público (latifúndio de terras públicas urbanas) para benefício de particulares é crime de lesa Pátria, em região tão carente, é crime social. Quanto irá lucrar estes “investidores” que estão usando uma concessão dada ao Corinthians (laranja) gratuitamente? Duas centenas de milhões, R$ 200.000.000,00 é o que valem estas terras municipais/COHAB, ou seja, R$ 1.000,00/m2, e o povo da Zona Leste, o que ganha com isto? são palhaços para merecer circo? Saúde e habitação já, e os SEM TETO? CONTINUAM SEM TETO?
    TERRAS PÚBLICAS URBANAS SÃO PARA BENEFÍCIO DA POPULAÇÃO E NÃO PARA LOCUPLETAR MEIA DÚZIA DE MAGNATAS DONOS DE OLIGOPÓLIOS – CRIME DE LESA PÁTRIA – CRIME SOCIAL

    ResponderExcluir
  10. Michael, tenho a revista original TRICOLOR no. 01 relançada em 02/1968, não está em bom estado, na capa há uma foto do jogo SPFC 3 x 2 Benfica, com o Morumbi lotado no dia de sua data magna 25/01/1968, e o Morumbi está exatamente como foi inaugurado em 02/10/1960, e no mês seguinte, em 03/1968 é lançado o carnê Paulistão para arrecadar fundos para conclusão do Morumbi, faltavam 720 m de arquibancadas. Não sei se esta foto da capa foi motivadora para concluir o estádio. Nas páginas internas têm fotos do evento e da parte social, pode-se notar que ao seu redor ainda era puro mato, e ao fundo já aparecia o prédio do Hospital Albert Einstein isolado, sem residências ao seu redor ou do Morumbi.

    ResponderExcluir
  11. 'e obvio que um monte de invojosos falam merda, e continuaram falando, mas eles querem mentir para a propria historia...

    ResponderExcluir

Grandes Taças