SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE

CNPJ/MF nº 60.517.984/0001-04
Fundação:
25/27 de janeiro de 1930 (16 de dezembro de 1935).
Apelidos: O Mais Querido, Clube da Fé, SPFC, Tricolor Paulista.

Esquadrão de Aço (30-34), Tigres da Floresta (30-35), Rolo Compressor (38-39, 43-49), Tricolor do Canindé (44-56), Rei da Brasilidade (50-60), Tricolor do Morumbi (60-), Máquina Tricolor (80/81), Tricolaço (80/81), Menudos do Morumbi (85-89), Máquina Mortífera (92/93), Expressinho Tricolor (94), Time de Guerreiros (2005), Soberano (2008), Jason (08-09), 633 Squadron (2009).

Mascote: São Paulo, o santo.

Lema: Pro São Paulo FC Fiant Eximia (Em prol do São Paulo FC façam o melhor).

Endereço: Pr. Roberto Gomes Pedrosa, 1. Morumbi; São Paulo - SP.
CEP: 05653-070.
Site Oficial: www.saopaulofc.net ou www.spfc.com.br

E-mail: site@saopaulofc.net
Departamento Amador: esportesamadores@saopaulofc.net

Telefone: (55-0xx11) 3749-8000. Fax: 3742-7272.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Uma escalação bem diferente

No dia 15 de agosto de 2010, o São Paulo foi a campo, contra o Cruzeiro, pelo Brasileirão, com:


01 - Rogério Lima
02 - Djalma Santos
14 - Douglas Ribeiro
32 - Renato Buranello
06 - Elias Souza
29 - João Luiz
31 - Adomídio Pereira
08 - Tiago Campos
16 - Marco Marques
15 - Raphael Barone
99 - Daniel Rigato

No banco:

37 - William Oliveira
07 - Caio Prado
12 - Edmilson Nascimento
33 - Cláudio Augusto
25 - Walter Junior
35 - Alberto Cancissu
34 - Ludgero Simões

Ao fim da partida, João Luiz e Daniel Rigato haviam marcado um gol cada um e o Tricolor empatado o jogo em 2 a 2...

Brincadeiras à parte, como sabem, esta não foi a real escalação do São Paulo naquela partida. Esses foram Sócio-Torcedores contemplados em sorteio com o direito de gravar seus nomes na história do clube. A promoção do plano Sócio-Torcedor levou às camisas dos 18 jogadores relacionados para partida o nome de um dos torcedores, da seguinte maneira:

01 - Rogério Lima (Rogério Ceni)
02 - Djalma Santos (Jean)
14 - Douglas Ribeiro (Renato Silva)
32 - Renato Buranello (Samuel)
06 - Elias Souza (Junior Cesar)
29 - João Luiz (Casemiro)
31 - Adomídio Pereira (Carlinhos Paraíba)
08 - Tiago Campos (Cleber Santana)
16 - Marco Marques (Marlos)
15 - Raphael Barone (Fernandão)
99 - Daniel Rigato (Ricardo Oliveira)

37 - William Oliveira (Marcelinho)
07 - Caio Prado (Jorge Wagner)
12 - Edmilson Nascimento (Fernandinho)
33 - Cláudio Augusto (Denis, não jogou)
25 - Walter Junior (Dagoberto, não jogou)
35 - Alberto Cancissu (Zé Vitor, não jogou)
34 - Ludgero Simões (Bruno Uvini, não jogou)

Confira a reportagem do Site Oficial, por Juliana Carvalho:

"Sócios Patrocinadores" prestigiam o Tricolor


Sócios Torcedores cujos nomes estamparam o peito do manto são-paulino estiveram no Morumbi

Juliana Carvalho - 16/8/2010
Imagens de Rubens Chiri


O empate com Cruzeiro no Morumbi, no último domingo, foi uma partida permeada por marcos tricolores. Afinal de contas, Rogério Ceni completava 450 jogos no Estádio e o técnico interino Sérgio Baresi fazia sua estreia no comando da equipe.

Era na platéia, porém, que estavam os maiores homenageados da tarde. Representando os milhões de torcedores são-paulinos espalhados pelo mundo, 18 Sócios Torcedores aniversariantes na data foram sorteados e tiveram seus nomes estampados no peito do uniforme de cada atleta. A ação foi um reconhecimento do Tricolor ao seu maior patrocinador: o torcedor são-paulino.

Convidados especiais do São Paulo FC, os "Sócios Patrocinadores" acompanharam do setor VIP do Morumbi o belo primeiro tempo da equipe, que desceu ao vestiário com 1 a 0 no placar, gol do prata-da-casa Casemiro, seu primeiro na equipe principal do Tricolor. No peito do camisa 29 são-paulino, o nome de João Luis, comerciante.

"Emoção maior é ser são-paulino e um presente como este é coisa para não esquecer nunca na vida", afirmou um emocionado Luis.

Já o Capitão Rogério Ceni, o outro homenageado da tarde, carregava no peito o nome de um xará, o incrédulo Rogério Lima.

"É algo indescritível, que não há como explicar. Terei muitas histórias para contar ao meu filho e também aos meus netos", resumiu Lima, quando perguntado sobre a sensação de ver um dos maiores ídolos tricolores de todos os tempos em campo com seu nome na camisa.

Como todos os torcedores presentes, os Sócios sofreram com o empate e a virada do Cruzeiro, e vibraram com o gol de Ricardo Oliveira, que igualou o placar, para delírio de Daniel Rigato, que tinha o nome estampado no peito do artilheiro.

As mangas do uniforme do time traziam ainda o logo do Programa Sócio Torcedor, e a ação faz parte de uma série de iniciativas de incentivo e reconhecimento ao maior e mais leal parceiro do São Paulo FC: o Sócio Torcedor.

Saiba como ser um Sócio Torcedor!

Um comentário:

  1. Ação sensacional! A falta de patrocício deve ser preenchida com criatividade.

    ResponderExcluir

Grandes Taças