SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE

CNPJ/MF nº 60.517.984/0001-04
Fundação:
25/27 de janeiro de 1930 (16 de dezembro de 1935).
Apelidos: O Mais Querido, Clube da Fé, SPFC, Tricolor Paulista.

Esquadrão de Aço (30-34), Tigres da Floresta (30-35), Rolo Compressor (38-39, 43-49), Tricolor do Canindé (44-56), Rei da Brasilidade (50-60), Tricolor do Morumbi (60-), Máquina Tricolor (80/81), Tricolaço (80/81), Menudos do Morumbi (85-89), Máquina Mortífera (92/93), Expressinho Tricolor (94), Time de Guerreiros (2005), Soberano (2008), Jason (08-09), 633 Squadron (2009).

Mascote: São Paulo, o santo.

Lema: Pro São Paulo FC Fiant Eximia (Em prol do São Paulo FC façam o melhor).

Endereço: Pr. Roberto Gomes Pedrosa, 1. Morumbi; São Paulo - SP.
CEP: 05653-070.
Site Oficial: www.saopaulofc.net ou www.spfc.com.br

E-mail: site@saopaulofc.net
Departamento Amador: esportesamadores@saopaulofc.net

Telefone: (55-0xx11) 3749-8000. Fax: 3742-7272.

domingo, 18 de outubro de 2009

Quando nosso Escudo foi às margens do Campo

Certa vez me perguntaram quando o Escudo do São Paulo foi colocado ali, à beira do gramado do Morumbi, de frente às cameras de TV. A resposta vem a seguir:


Essas imagens são do projeto de remodelagem do Estádio Cícero Pompeu de Toledo, ocorrida ao final de 1988 e inaugurada em março de 1989 (São Paulo 3 x 0 Mogi Mirim, 01/03/1989 Campeonato Paulista). Cabe dizer que a aparência geral do estádio permaneceu assim até 1995/6, quando de sua interdição e reabertura, já reestruturado com o atual padrão.

Enfim, foi nesse "re-desenho" do Morumbi que o nosso distintivo foi lá situado, mas deve-se lembrar que ele já andou por outras bandas. De 1987 (preciso confirmar com exatidão a data) até o fim do ano seguinte ele esteve atrás do gol da entrada 1 - junto a saída dos vestiários. Como pode ser visto por esta outra imagem:


Só que, mais antigamente, no início dos anos 60, precisamente desde sua inauguração, haviam dois distintivos por lá mesmo. Só que não duraram muito tempo - afinal, o estádio ainda estava em construção.


Por fim, segue scans da Revista São Paulo Notícias, de janeiro/fevereiro de 1989, nº 58, que contém os detalhes da mudança:


Projeto paisagístico: Trópica Paisagismo.
Projeto de programação visual publicitária: Piccolo & Ulhoa Cintra Arquitetos Associados S/C

***

Como apêndice - quase me esqueço -, o dia em que as cores paulistas/paulistanas/são-paulinas deixaram de ornamentar o Morumbi, dando lugar as cores nacionais:


21 de novembro de 2007. Brasil 2 x 1 Uruguai, com 2 gols de Luís Fabiano. Histórico. E o São Paulo teve a melhor retribuição possível pela gentileza de pintar sua casa com as cores da seleção:

21 comentários:

  1. E o blog cada vez mais rico! Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. O Clube sempre fazendo os reparos cotidianos no Estádio, tendo cuidado com o que é seu.
    Dia desses fiquei sabendo algo muito inédito para mim, através desse blog. Que o estádio se chamaria Estádio Nove de Julho, em homenagem à Revolução Constitucionalista de 1932. Mais ia ficar engraçado: Estádio Nove de Julho, fundado em Dois de Outubro de 1960.

    ResponderExcluir
  3. Então, nove de julho foi um dos nomes levantados. Outro, ou talvez mais um apelido, era Paulistão.

    Tanto que esse nome referente aos paulistas, teve um evento ate que mobilizou todas as cidades do estado - algo que merece um tópico futuramente.

    ResponderExcluir
  4. Aliás, algo que o Sr. Jerson, de 55, acho, anos de SPFC me disse, foi que o unico que votou contra o nome atual do estádio foi o Luis Cassio dos Santos Werneck.

    Se nao me engano, ele defendeu o nome Bandeirantes. Estádio dos Bandeirantes.

    ResponderExcluir
  5. Ou de algum bandeirante, ele não se lembrava bem disso.

    ResponderExcluir
  6. Jaime Moreira disse...

    Conheço poucos clubes que tenham suas histórias tão ligadas à história de SEU país. Os exemplos mais fáceis de lembrar são os de times republicanos, monarquistas e separatistas na Espanha.

    A história do apelido O Mais Querido coloca o São Paulo nesse patamar.

    Porém, quanto ao nome e o apelido do Estádio, o SPFC já traz referências à Cidade e ao Estado, no nome e nas cores. Cícero Pompeu de Toledo foi uma grande escolha.

    O excesso de referências paulistas poderiam transformar o clube em regional demais, não nos feitos e títulos, mas na preferência da torcida brasileira.

    ResponderExcluir
  7. Alguém aqui sabe algo da biografia do Walter Ostrich (Olivier) e do Firminiano Paes, criadores do escudo?

    ResponderExcluir
  8. Aliás, eu gosto bastante do desenho das "ondas tricolores" em volta do gramado.

    ResponderExcluir
  9. Eu particularmente não gostaria que tivesse sido apelidado de Paulistão, acho feio esses nomes tipo Mineirão, Morenão, é de uma falta de criatividade.

    Agora, estádio dos Bandeirantes, e ou 9 de Julho, ficaria legal pelo contexto histórico.

    ResponderExcluir
  10. Ao anônimo das 19h42 de 18/10.

    Os desenhistas do distintivo são Walter Ostrich e Firmiano de Moraes, não Firminiano Paes.

    Se esse for Firmiano de Moraes Pinto (1861-1938), ele foi prefeito de SP de 1920 a 1926.

    ResponderExcluir
  11. Provavelmente, quem auxiliou Walter Ostrich foi o filho do ex-prefeito, Firmiano de Moraes Pinto Filho.

    ResponderExcluir
  12. legal perceber que o projeto original era que as ondas fossem formadas por plantas no preto e vermelho e pedras brancas. hoje é tudo pedra, ou areia colorida.
    será q tem alguma foto de quando foi feito e ainda era com plantas?

    ResponderExcluir
  13. nesse video tem alguns momentos que dá p ver que as ondas ao redor do campo eram mesmo compostas por plantas. pelo menos a vermelha.
    talvez a preta não tenha ficado tão preta assim(a grama-preta é um verde bem escuro..mas é verde! rsrs) e tenha sido trocada pelo que é hoje. mas nao sá p ter certeza pelas imagens.
    e a vermelha deve ter sido trocada anos depois..
    http://www.youtube.com/watch?v=UVbRJyZCtfo

    vascu comemorando no solo sagrado... tudo bem..já temos o 6º!

    ResponderExcluir
  14. Tudo bem. Nem rei dos vices o Vasco consegue ser mais. SPFC é o rei dos campeonatos e dos vices também. Talvez, sejamos reis do 3º lugar também, porque no ano em que estamos mal pegamos 3º.

    ResponderExcluir
  15. Um veterano lá me disse que esse Firmiano ai do escudo era outro, um simples comerciante, humilde até.

    Sobre fotos do desenho com grama, rapaz, nunca reparei. Nem saberia dizer hehe.

    E sobre os vices haha, temos vice a dar com rodo mesmo. Agora 3 são poucos.

    abs gente.

    ResponderExcluir
  16. Guilhermo Panebianco21 de outubro de 2009 12:37

    E a discussão sobre o rebaixamento do gramado voltou a tona, de acordo com o blog do Daniel Perrone.

    Michel, você sabe qual a recepção da Diretoria e da GMP sobre um possível rebaixamento do gramado do Morumbi?

    Eu acho uma ótima idéia, mas não vejo vontade política para isso...

    Abraços

    ResponderExcluir
  17. Só rebaixando o gramado para termos um rebaixamento no nosso currículo.

    ResponderExcluir
  18. Rebaixamento tem duas coisas

    inviabilidades técnicas e dinheiro, muito dinheiro para tanto.

    fora o dinheiro, que é o principal, existe o ponto que, se rebaixar o gramado, além do problema do corrego, que dinheiro resolveria, existe o fato que criaria pontos cegos nas partes mais traseiras das arquibancadas e do setor intermediario.

    agora, sobre a diretoria em si, eu nao poderia falar nada... ate pq nao sei de nada, hehe

    abraços.

    ResponderExcluir
  19. PARABÉNS PELO BLOG CARA!!!
    SIMPLESMENTE FODA!!!

    ResponderExcluir
  20. Muito bom blog, narrando a gloriosa trajetória do Tricolor do Morumbi!

    ResponderExcluir
  21. Sempre tive essa curiosidade em saber quando o escudo do São Paulo foi colocado onde está localizado atualmente. Obrigada por responder. Adorei o seu blog. Outra curiosidade: essa Revista São Paulo Notícias era vendida em bancas ou distribuída aos sócios?

    ResponderExcluir

Grandes Taças