SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE

CNPJ/MF nº 60.517.984/0001-04
Fundação:
25/27 de janeiro de 1930 (16 de dezembro de 1935).
Apelidos: O Mais Querido, Clube da Fé, SPFC, Tricolor Paulista.

Esquadrão de Aço (30-34), Tigres da Floresta (30-35), Rolo Compressor (38-39, 43-49), Tricolor do Canindé (44-56), Rei da Brasilidade (50-60), Tricolor do Morumbi (60-), Máquina Tricolor (80/81), Tricolaço (80/81), Menudos do Morumbi (85-89), Máquina Mortífera (92/93), Expressinho Tricolor (94), Time de Guerreiros (2005), Soberano (2008), Jason (08-09), 633 Squadron (2009).

Mascote: São Paulo, o santo.

Lema: Pro São Paulo FC Fiant Eximia (Em prol do São Paulo FC façam o melhor).

Endereço: Pr. Roberto Gomes Pedrosa, 1. Morumbi; São Paulo - SP.
CEP: 05653-070.
Site Oficial: www.saopaulofc.net ou www.spfc.com.br

E-mail: site@saopaulofc.net
Departamento Amador: esportesamadores@saopaulofc.net

Telefone: (55-0xx11) 3749-8000. Fax: 3742-7272.

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Antes dos primeiros alicerces


Foto da Revista São Paulo Notícias, nº96 (1999), pg 49.

Estas imagens (acima e abaixo) talvez sejam as fotos mais antigas do terreno do Morumbi antes do Cícero Pompeu de Toledo, na verdade, antes mesmo de qualquer alicerce que o sustenta.

Nota-se bem a geografia do local: um vale - já bem limpo e drenado (antes era quase um pântano), com um pequeno rio, um córrego mesmo, na transversal. Diga-se de passagem que a Prefeitura deveria fazer a drenagem, canalização do córrego e construir um sistema de esgoto, um tronco principal de canos, ao qual, o SPFC teria por obrigação fazer sua ligação. Mas não fizeram totalmente, por morosidade e falta de vontade política.

Não terminaram a canalização do córrego e sequer iniciaram a construção da rede de esgotos. O São Paulo que teve que pagar do próprio bolso o término da canalização. E claro, o clube não poderia construir uma rede de esgoto - seu dever era somente de se ligar à rede. Mas como se rede não havia?

E até o presente momento o Morumbi não possui tal ligação completa... (Já poderia ter feito, por si mesmo, depois que a Sabesp chegou ao bairro, mas são outros quinhentos).


Foto da Revista São Paulo Notícias, nº96 (1999), pg 50.

E assim, com essa imagem, se justifica o fato de não poderem rebaixar o gramado do estádio (ao menos, não sem altíssimos custos). Mas reparem que o córrego canalizado é perpendicular ao sentido mais comprido do campo, ocupando somente um lado - se estou bem de coordenadas, mais próximo da arquibancada azul (corrigindo), junto a João Jorge Saad.

Do outro lado, contudo, também existem construções subterrâneas, como mostra esta outra imagem:


Foto da Revista Grandes Clubes Brasileiros, nº2 (1971), pg 7.

No subsolo, câmaras sendo construídas, que dariam lugar aos vestiários, sistema de drenagem, etc...

Mas voltando ao assunto principal. Uma história curiosa dessa primeira fase da construção do Morumbi é a que será ilustrada por essa outra foto rara:


Foto da Revista São Paulo Notícias, nº96 (1999), pg 50.

O destaque é para o Pinheirinho, ao fundo, o único que restara da mata original. Ele, na verdade, sobreviveu até dias antes da inauguração do estádio, dando lugar a uma grade que cercou a propriedade.

Durou tanto tempo, pois, nele habitavam um casal de passarinhos, com um ninho. Todavia, até isto virou piada na mídia - que claro, ainda duvidava da capacidade do São Paulo de erguer um gigante daquele tamanho, sozinho -. Zombavam do fato do pinheirinho ainda estar lá, simbolizando o atraso nas obras, e prevendo que de lá nunca sairia...

Uma pena para o pinheirinho que a história foi bem diferente.

10 comentários:

  1. Meu avô, Paulo Vianna, contava, que o São Paulo recolheu doações por todo o estado durante a construção do estádio... Ele contava que foi doador de alguns sacos de cimento!

    ResponderExcluir
  2. Imagens sensacionais! Onde você as conseguiu?

    Pequena correção aqui: "Um história curiosa dessa primeira fase da construção do Morumbi é a que será ilustrada por essa outra foto rara"

    E em vez de "Sombavam", acho que é "Zombavam", certo?

    ResponderExcluir
  3. Caraca, onde você acha essas coisas Michael??

    ResponderExcluir
  4. To começando a ficar injuriado com esses erros, por pressa de postar aqui (e no orkut, hehe). Valeu pela correção.

    Coloquei as fontes das imagens também, que havia esquecido.

    Vieram de um pacotaço de revistas antigas que comprei recentemente, seja em papel mesmo, seja somente em pdf. Tem muuuuita coisa, ainda to digerindo ehehe.

    ResponderExcluir
  5. mto boa essa foto da estrutura sendo construida.
    gostaria mto de obter mais fotos do tipo pq preciso fazer uma maquete sobre o Morumbi.
    Se puder entre em contato plz!! babisb@msn.com

    ResponderExcluir
  6. Recebi essas informações por e-mail. O que disso que está dito aqui é verdade?
    "Você sabia...?
    ...Que nos anos da ditadura sem explicar a origem do dinheiro, sem um clube de associados, sem rendas (pois jogava em estádios vazios pela péssima campanha), construíram o maior estádio particular do mundo.
    ...Que o terreno do Morumbi foi DOADO por um corinthiano.
    ...Que enquanto construía seu estádio, o São Paulo mandava seus jogos no Palestra Itália sem pagar aluguel. (por caridade)
    ...Que Laudo Natel dirigente do São Paulo era Governador do Estado na época da construção do estádio.
    ...Que para inaugurar seu estádio (parcialmente acabado) precisou de 2 jogadores do Palmeiras (Julinho e Djalma Santos) para reforçar seu time, que era medíocre demais, e arriscava apanhar no jogo de inauguração."

    ResponderExcluir
  7. Nada, absolutamente nada.

    Detalhes: A Construção do Morumbi

    E respondendo por aqui.

    1. Mais de dez meios de se obter a grana foram listados no link acima.

    2. Foi, em parte, doado pela Imobiliaria Aricanduva, pessoa jurídica.

    3. Mandava seus jogos no Pacaembu durante a construção do Morumbu.

    4. Natel somente foi governador do estado, efetivamente, apos a conclusao total do morumbi, em 71. Esteve interinamente no cargo durante 8 meses, entre 66 e 67 (Lembrando que a inauguração do morumbi, incompleto, é de 60).

    5. A inauguração do Morumbi foi contra o Sporting Lisboa, em 60, sem NINGUEM emprestado, e o SPFC venceu, sempre precisar de nada nem de ninguem. Esse jogo com jogadores chamados para a festa, foi somente o segundo.

    ResponderExcluir
  8. Bárbara, entrarei em contato pelo e-mail. Logo mais.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  9. O SPFC SEMPRE FOI UM TIME FORTE. TANTO A EQUIPE QUANTO O CLUBE. DÁ PARA OBSERVAR NAS FOTOS QUE O BAIRRO DO MORUMBI ERA UM LOCAL ERMO, NÃO EXISTIA NADA POR ALÍ, DESTA FORMA CHEGAMOS A CONCLUSÃO QUE O SPFC TORNOU O LUGAR RICO E COM ÓTIMA INFRA-ESTRUTURA. E QUE ACHO QUE DEVE TER EMPRESTADO ALGUM DINEHIR POR AÍ MAS NÃO FOI IGUAL AO TIME DA MARGINAL, VEJAM O LINK:
    http://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/brasileiro/serie-a/ultimas-noticias/2009/10/02/ult5895u10894.jhtm

    ResponderExcluir
  10. Acho melhor tirar tudo isso daqui ou os travecos vao ter um chilique. Tá díficil de fazer os recursos deles ao menos parecerem honestos.

    ResponderExcluir

Grandes Taças