SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE

CNPJ/MF nº 60.517.984/0001-04
Fundação: 25 de janeiro de 1930
Apelidos: O Mais Querido, Clube da Fé, SPFC, Tricolor Paulista.
Esquadrão de Aço (30-35), Tigres da Floresta (30-35), Rolo Compressor (38-39, 43-49), Tricolor do Canindé (44-56), Rei da Brasilidade (50-60), Tricolor do Morumbi (60-), Máquina Tricolor (80/81), Tricolaço (80/81), Menudos do Morumbi (85-89), Máquina Mortífera (92/93), Expressinho Tricolor (94), Time de Guerreiros (2005), Soberano (2008), Jason (08-09).
Mascote: São Paulo, o santo.
Lema: Pro São Paulo FC Fiant Eximia (Em prol do São Paulo FC façam o melhor).
Endereço: Pr. Roberto Gomes Pedrosa, 1. Morumbi; São Paulo - SP. CEP: 05653-070.
Site Oficial: www.saopaulofc.net
E-mail: site@saopaulofc.net
Telefone: (55-0xx11) 3749-8000. Fax: 3742-7272.

terça-feira, 10 de março de 2009

Projeto do Filme Soberano


Notícias do projeto anunciado em 09 de março:

São Paulo anuncia filme com a história do hexacampeonato brasileiro

Da Folha Online

O São Paulo anunciou nesta segunda-feira uma parceria com a G7 Cinema para a produção do longa-metragem "Soberano - Seis Vezes São Paulo". O filme contará a história dos seis títulos brasileiros obtidos pelo time do Morumbi sob a ótica do torcedor.

"O longa é fruto de um sonho não só pela sua representação para o São Paulo, mas por exaltar a arte no futebol. Desta forma, nos unimos com a G7 e juntos anunciamos esse grande projeto que começa agora, embora esteja projetado desde anos atrás", afirmou o vice-presidente de comunicação e marketing são-paulino, Júlio Casares.

No filme, as seis conquistas serão relatadas como pano de fundo para histórias de vida dos torcedores. Jogadores e outras personalidades ligadas à história do clube também aparecerão no documentário.

A direção de "Soberano - Seis Vezes São Paulo" será de Carlos Nader, enquanto Maurício Arruda, indicado ao Oscar em 2001 pelo curta-metragem "Uma História de Futebol", será o responsável pelo roteiro. A trilha sonora ficará a cargo de Nando Reis.


Com ajuda da torcida, São Paulo anuncia filme para setembro

Do UOL Esporte

Aproveitando o bom momento do time no cenário nacional, o São Paulo já havia confirmado a intenção de fazer um filme sobre a história dos seis títulos brasileiro. E nesta segunda-feira, o clube do Morumbi lançou oficialmente a produção "Soberano - Seis Vezes São Paulo", que deve chegar aos cinemas em setembro deste ano.

Junto com a produtora G7 Cinema, o clube pretende contar sua trajetória vitoriosa na competição nacional pela perspectiva do torcedor. Os são-paulinos conduzirão a linha narrativa do filme com depoimentos sobre passagens de suas vidas tendo como pano de fundo os títulos da equipe.

Os torcedores poderão participar da produção pelo site www.filmesoberano.com.br, onde, além de mandar seus depoimentos, terão a chance de escolher o projeto para o layout oficial do pôster da produção.

O documentário também terá a participação de importantes personagens, como jogadores e personalidades marcantes para a equipe como Muricy Ramalho - destaque como jogador e como técnico -, Chicão, Careca, Daryo Pereira, Telê Santana, Raí e Rogério Ceni.

"O longa é fruto de um sonho, não só pela sua representação para o São Paulo, mas por exaltar a arte no futebol. Desta forma, nos unimos com a G7 e juntos anunciamos esse grande projeto que começa agora, embora esteja sendo pensado desde anos atrás", afirmou Julio Casares, vice-presidente de comunicação e marketing do clube.

A direção será feita por Carlos Nader. O roteiro ficará por conta de Maurício Arruda, que concorreu ao Oscar em 2001 com o curta-metragem 'Uma história de futebol'. Já o torcedor fanático do clube Nando Reis será responsável pela direção musical.

"Como fazer um filme unindo competência com são-paulinidade? Aí foi um grande desafio porque reunimos grandes craques são-paulinos. Esse é o maior desafio, fazer um filme de são-paulino para são-paulino. Precisávamos alinhavar uma oportunidade de unir a competência com a qualidade, o que conseguimos com essa equipe fantástica", completou o sempre empolgado Casares.

O cartola tricolor ainda fez questão de exaltar a escolha do título da produção. "Esse nome é forte e surgiu dentro de um cenário analítico por tudo o que o São Paulo vive atualmente. Os números mostram a altivez de uma instituição, e o hexacampeonato foi a grande oportunidade de utilizarmos esse título", completou Júlio Casares.


Capas à escolha do Torcedor

São Paulo produz filme "Soberano"

Do Terra.

O São Paulo anunciou na manhã desta segunda-feira a produção do filme Soberano - Seis Vezes São Paulo. O documentário, que tem previsão de chegar aos cinemas em setembro, foi lançado pelo vice-presidente de marketing do time tricolor, Júlio Casares, que justificou a escolha do nome do longa-metragem.

"Este nome é forte e surgiu dentro de um cenário analítico. Não é arrogância, e sim números. Quem é seis vezes campeão brasileiro e três vezes do Mundial? É o São Paulo. O hexacampeonato é a oportunidade que esperávamos para lançar este filme", afirmou.

Três são-paulinos serão os responsáveis pela produção. A direção será de Carlos Nader, com roteiro de Maurício Arruda. Já a parte musical será de responsabilidade de Nando Reis.

Ainda há apenas uma idéia de como o filme será desenvolvido, mas Nader explica que é impossível de prever exatamente como será concluída a obra, já que os torcedores poderão participar da produção mandando vídeos para o site www.filmesoberano.com.br.

"A idéia é basear muito na torcida, que é um dos pilares do filme. Por isso, o site é importante, pois é por onde receberemos as histórias. Vamos tentar realmente abrir canais com o torcedor para eles mandarem imagens, histórias, músicas, fotos...", afirmou o diretor.

O documentário retratará os seis títulos brasileiros do São Paulo (1977, 1986, 1991, 2006, 2007 e 2008). Personagens relevantes das conquistas terão destaque no longa-metragem, como Muricy Ramalho, Chicão, Careca, Daryo Pereira, Telê Santana, Raí e Rogério Ceni.

Já os dirigentes terão menor participação, enquanto os depoimentos dos torcedores serão os responsáveis por ditar o andamento do filme. "O roteiro de um documentário é alterado pelos depoimentos que chegam. Temos uma linha, mas podemos mudar pelo que recebermos dos torcedores", explicou Arruda.

Júlio Casares tem a intenção de ver a obra em salas de cinema do Brasil e do exterior. "Lançaremos primeiro em São Paulo, mas, depois, iremos também para Rio de Janeiro, Brasília, Nordeste... Além disso, tem a possibilidade de ser exibido fora do país em festivais", explicou. O vice-presidente de marketing explicou também que não acredita em ser arriscado lançar o filme apenas em setembro, justamente durante o Brasileirão e sem ainda saber como estará o desempenho do clube.

"Em setembro, o São Paulo ainda não terá sido alcançado por ninguém. O único que pode nos alcançar no fim do ano é o Flamengo, e ainda com alguma discussão", concluiu Casares, lembrando que o time rubro-negro se considera pentacampeão nacional, mas sem o reconhecimento da CBF.


Um comentário:

  1. achei a idéia disso sensacional e a capa que eu mais gostei foi a de número 2 porque no meu modo de ver as coisdas, tem tudo a ver com as conquista do spfc e ela é bem simples.

    ass: Eduardo.

    ResponderExcluir

Grandes Taças