SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE

CNPJ/MF nº 60.517.984/0001-04
Fundação:
25/27 de janeiro de 1930 (16 de dezembro de 1935).
Apelidos: O Mais Querido, Clube da Fé, SPFC, Tricolor Paulista.

Esquadrão de Aço (30-34), Tigres da Floresta (30-35), Rolo Compressor (38-39, 43-49), Tricolor do Canindé (44-56), Rei da Brasilidade (50-60), Tricolor do Morumbi (60-), Máquina Tricolor (80/81), Tricolaço (80/81), Menudos do Morumbi (85-89), Máquina Mortífera (92/93), Expressinho Tricolor (94), Time de Guerreiros (2005), Soberano (2008), Jason (08-09), 633 Squadron (2009).

Mascote: São Paulo, o santo.

Lema: Pro São Paulo FC Fiant Eximia (Em prol do São Paulo FC façam o melhor).

Endereço: Pr. Roberto Gomes Pedrosa, 1. Morumbi; São Paulo - SP.
CEP: 05653-070.
Site Oficial: www.saopaulofc.net ou www.spfc.com.br

E-mail: site@saopaulofc.net
Departamento Amador: esportesamadores@saopaulofc.net

Telefone: (55-0xx11) 3749-8000. Fax: 3742-7272.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

A camisa vetada em nome da tradição

O São Paulo era (tri)campeão do mundo. Acabara de assinar um novo contrato com uma empresa da material espertivo, a Reebok (no final de 2005). Havia então muita expectativa quanto a apresentação do novo uniforme. O dia fora escolhido: 5 de janeiro de 2006, e o garoto propaganda também: Rodrigo Fabri, recém contratado e que faria nessa ocasição sua apresentação aos jornalistas.

A camisa apresentada era, como dizer, no mínimo muito peculiar. Pela primeira vez em sua história o uniforme principal do São Paulo não seria representado com as tradicionais faixas vermelha e preta inteiras. Houve outras ocasiões, com uniformes especiais (ou três, como costumam dizer) em que não haviam essas faixas também, uma nos anos 60, duas nos 80 e uma em 2000.


Nesse uniforme apresentado as listras em reduzidas a um pequeno trecho na parte anterior e posterior da camisa. No fim das contas, poucas unidades foram fabricadas. O futebol amador e as categorias de base utilizaram essa versão por pouco tempo, visto que o modelo não agradou os conselheiros do clube, que a vetaram.


A equipe da Copa São Paulo de Juniores vestiu essa camisa protótipo, contudo, com somente quatro estrelas. Isto como prevenção à pirataria do produto que ainda estava em processo de aprovação pela diretoria Tricolor. No fim, como ela não fora aprovada, a Reebok teve também que fazer alterações na linha oficial que posteriormente foi lançada - aumentar as faixas e já com as 5 estrelas.


Fontes: Camisas de Futebola.
Marco Antônio "Markiuss".
Carlos Cachoeira.
Globoesporte.com.

3 comentários:

  1. vi seu tópico sobre essa camisa
    nossa horrível.
    por essas e outras sou contra tbm o 3º uniforme de jogo.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, essa camisa é uma afronta ao nosso manto tricolor. Nem lembrava mais desse horror. Abs.

    Denis Torres

    ResponderExcluir
  3. A camisa foi mais notícia que a contratação.

    Muito estranha, não serve nem como 3º uniforme.

    ResponderExcluir

Grandes Taças