SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE

CNPJ/MF nº 60.517.984/0001-04
Fundação:
25/27 de janeiro de 1930 (16 de dezembro de 1935).
Apelidos: O Mais Querido, Clube da Fé, SPFC, Tricolor Paulista.

Esquadrão de Aço (30-34), Tigres da Floresta (30-35), Rolo Compressor (38-39, 43-49), Tricolor do Canindé (44-56), Rei da Brasilidade (50-60), Tricolor do Morumbi (60-), Máquina Tricolor (80/81), Tricolaço (80/81), Menudos do Morumbi (85-89), Máquina Mortífera (92/93), Expressinho Tricolor (94), Time de Guerreiros (2005), Soberano (2008), Jason (08-09), 633 Squadron (2009).

Mascote: São Paulo, o santo.

Lema: Pro São Paulo FC Fiant Eximia (Em prol do São Paulo FC façam o melhor).

Endereço: Pr. Roberto Gomes Pedrosa, 1. Morumbi; São Paulo - SP.
CEP: 05653-070.
Site Oficial: www.saopaulofc.net ou www.spfc.com.br

E-mail: site@saopaulofc.net
Departamento Amador: esportesamadores@saopaulofc.net

Telefone: (55-0xx11) 3749-8000. Fax: 3742-7272.

domingo, 12 de outubro de 2008

TUSP: A primeira torcida organizada do Brasil

Photobucket

A história é antiga, vem de longe. O São Paulo ainda engatinhava e seus torcedores se mobilizavam para ver cada jogo do tricolor. Verdadeiramente foi essa mesma paixão que manteve o SPFC vivo em suas glórias e tradições durante os períodos do Clube Atlético São Paulo e do Grêmio Tricolor. A tal ponto que em 1939 "Grêmio Tricolor" deixava de ser o nome da antiga associação de dirigentes e jogadores do clube para representar também seus torcedores.

O grêmio fundado nesse ano por Manoel Raymundo Paes de Almeira, posteriormente passaria a se chamar Torcida Uniformizada do São Paulo (TUSP): a primeira torcida organizada criada nos moldes atuais - Não se tem conhecimento da data de fundação exata, mas no próximo ano, todavia, a TUSP completaria 70 anos!

Dita uniformizada, pois, trajavam rigorosamente uma camisa branca com o escudo do São Paulo ao centro, no peito, com os dizeres "Grêmio São-Paulino" ao redor.

Naquela época os torcedores se reuniam exclusivamente para acompanhar o time e não por um complexo identitário de auto-afirmação individual em uma entidade coletiva - como vemos geralmente hoje, mas deixemos isso de lado.

Benedicto Ruy Barbosa, Manoel Raymundo Paes de Almeida e Vicente Feola, 1960.

Talvez por isso Manoel Raymundo Paes de Almeida, industriário bem sucedido, tenha sido aceito no quadro de dirigentes do clube, quando em 1941 fora eleito membro do Conselho Deliberativo. Chegou a ser também diretor de futebol, integrante da Comissão Pró-Morumbi durante sua construção e Presidente do Conselho Consultivo de 1973 à 1980.

Não parou por ai. Acaso do destino chegou também a comandar o time do São Paulo, como técnico interino, em quinze ocasiões no anos de 1958 e 1961 - e saiu-se muito bem (7 vitórias, 6 empates e 2 derrotas). Quem diria, um torcedor "comum" do SPFC já chegou a escalá-lo!

Photobucket

No livro Saga de um Campeão, de Ignácio de Loyola Brandão, ele conta a história dessa Torcida:

"O Grêmio São-Paulino surgiu na Moóca, em 1939. Fazíamos tudo com entusiasmo e por nossa conta. Lembro-me do primeiro espetáculo que demos no Pacaembu. Uma festa maravilhosa, com serpentinas e confetes. Fizemos depois uma magnífica "marche aux flambeaux" *, em 1943, quando a moeda caiu em pé e o São Paulo foi campeão. Montamos um carro alegórico, com uma moeda gigante de pé, e fomos, em cortejo de automóveis, buscar a Taça dos Invictos de A Gazeta Esportiva”.

Manoel junto a Miss São Paulo de 1964 nas piscinas do Morumbi

Mais à frente, surgiria também uma torcida feminina. Logo a seguir outras emergiriam. A TUSP abriu caminho para a Independente (1972), Real Tricolor (1983), Dragões da Real (1984), Sampa e Orgasmo (1986), Garra Tricolor (1989), Falange Tricolor (1990) e Metal Tricolor (1992). Em verdade, a Torcida Uniformizada do São Paulo se enfraqueceu após a dissidência de alguns integrantes que fundariam a Torcida Independente, sendo extinta em 1995, de acordo com a Revista Lance! Série Grandes Clubes (2001).

Muitos ilustres torcedores fizeram parte dessa torcida, como Roberto Freira, Lima Duarte, Éder Jofre, Juca Chaves, José Victor de Oliviera, o publicitário Neil Ferreira, e o diretor da Abril, Osvaldo de Almeida Filho.

Mas é importante citar também Dona Filhinha, fanática torcedora dos anos 40, que rompia os preconceitos de época; Hélio Silva, que nos tempos em que as torcidas eram separadas somente por cordas (anos 70), impunha moral e respeito nos torcedores do adversário; ou ainda, nessa mesma época, aquela saudosa senhora, anônima por pecado de minha parte, que levava um pote de lanche para distribuir para a molecada...

A todos esses saudosos anônimos a dedicatória deste texto.

*Marche aux flambeaux. Me arrisco a dizer que signifique "Marcha sob archotes". Algo como marchar em plena noite...

Fontes:
Tricolormania; Fortunecity; Milton Neves.
Colaborações de:
César Matos
Comunidade Old School SPFC.

17 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Meu, teu blog é muito bom!

    Vale citar também que , se não me engano, a Tusp foi a primeira torcida a fazer uma caravana para fora do país, em 1972, no Paraguai.

    ResponderExcluir
  3. Obrigado Pietro, valeu mesmo. Pena só, que destas excursões, que ela se enfraqueceu e acabou extinta depois =/

    ResponderExcluir
  4. burocrata...burgues...uberista...tipico da origem manchada de "seu clube" rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  5. Será q a Tusp poderia voltar aos estadios?

    ResponderExcluir
  6. existem planos de voltarem com a torcida sim....

    ResponderExcluir
  7. Todo mundo sabe que a Primeira Torcida Organizada foi a Charanga Rubro-Negra de Jayme de Almeida.

    Um link paulista, só pra você não dizer que não vale ahahahhaha: http://terceirotempo.ig.com.br/quefimlevou_interna.php?id=1440&sessao=f

    Interessante que a sua tusp fez um negócinho em 39 e depois volta em 43?? era so pra ser a primeira?? cade as provas??

    SRN

    ResponderExcluir
  8. Uma foto do pacaembu em 1940? da torcida usando o uniforme branco com o simbolo serve?

    Em momento algum é dito que ela "volta" em 43. Esteve sempre ativa. Em 1943 somente comemoraram o primeiro titulo do SPFC.

    Na verdade, o origem da torcida é mais antiga ainda, remete a 1935, no episódio em que tentaram evitar a fusao do SPFC naquele ano....

    E fatos registrados por inumeros jornais e documentos. Basta consultar qualquer gazeta esportiva de 1935.

    ResponderExcluir
  9. Michael, sem dúvidas a TUSP foi a mais importante torcida tricolor, e o Hélio Silva, uma "lenda" das arquibancadas.
    E não era de brigar "gratuitamente" não, ao menos na vezes que fui em jogos.
    É só assisitir qualquer vídeo no youtube que ele aparecia ou carregando jogadores na comemorações ou como papagaio de pirata entre os anos 70 e 80.
    Quanto ao Flamenguinho, é bom lembrar nem Libertadores eles tem, já que aquele de 1980 pertenceria de fato e de direito ao Atlético-MG.
    Se torcida ganhasse jogo, a China era Octacampeã mundial.
    [ ]s

    ResponderExcluir
  10. A Charanga surgiu em 1927 .... bem antes né!!!!!

    Mengo... somos os primeiros em td...

    ResponderExcluir
  11. Charanga é de 1942
    http://www.flamengo.com.br/flapedia/Charanga_Rubro-Negra

    Chupa

    ResponderExcluir
  12. Nas décadas de 70 e 80, tínhamos um torcida chamada Pantera Tricolor, eram as bandeiras mais bonitas dos estádios que frequentava. Bandeiras trabalhadas e pintadas de forma diferente.... Costuma ficar a esquerda TUSP.

    ResponderExcluir
  13. é impressionante como o flamengo quer ganhar as coisas no grito, quer ganhar titulo brasileiro sem entrar em campo, libertadores que juiz expulsa 5 jogadores de campo comissão técnica e banco de reserva, carioca que a rede globo sempre da uma ajudinha . agora querem ser a torcida organizada mais antiga do brasil no grito como sempre .
    eu sou suspeito pra falar porque sou vascaíno mas vcs tinham que ter vergonha de comentar na pagina dos outros falando que a charanga rubro negra e a mais antiga do brasil, vai pesquisar primeiro detalhe e uma torcida tão organizada que nem existe mais a muito tempo , ainda diz que a jovem fla e a mesma coisa da charanga rubro negra Meu deu eu sou vascaíno e sei mais que vc do seu próprio club .

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Estive com a TUSP no mineira o no primeiro título de campeão brasileiro do SPfc

    ResponderExcluir

Grandes Taças