SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE

CNPJ/MF nº 60.517.984/0001-04
Fundação: 25 de janeiro de 1930
Apelidos: O Mais Querido, Clube da Fé, SPFC, Tricolor Paulista.
Esquadrão de Aço (30-35), Tigres da Floresta (30-35), Rolo Compressor (38-39, 43-49), Tricolor do Canindé (44-56), Rei da Brasilidade (50-60), Tricolor do Morumbi (60-), Máquina Tricolor (80/81), Tricolaço (80/81), Menudos do Morumbi (85-89), Máquina Mortífera (92/93), Expressinho Tricolor (94), Time de Guerreiros (2005), Soberano (2008), Jason (08-09).
Mascote: São Paulo, o santo.
Lema: Pro São Paulo FC Fiant Eximia (Em prol do São Paulo FC façam o melhor).
Endereço: Pr. Roberto Gomes Pedrosa, 1. Morumbi; São Paulo - SP. CEP: 05653-070.
Site Oficial: www.saopaulofc.net
E-mail: site@saopaulofc.net
Telefone: (55-0xx11) 3749-8000. Fax: 3742-7272.

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

José João da Silva


The Life

JOSÉ JOÃO DA SILVA
"O GRANDE BICAMPEÃO DA SÃO SILVESTRE"

Por Marco Antônio Figueiredo "Markiuss"

Era um jejum de 34 anos sem vitórias brasileiras na SÃO SILVESTRE, mas JOSÉ JOÃO DA SILVA , trajando o SANTO MANTO TRICOLOR, acabou de vez com a tristeza do povo brasileiro levantando a taça de campeão em 1980 e posteriormente em 1985 voltou a reinar no lugar mais alto do podium.

Além da vitória, o pernambucano José João entraria para a história como o segundo brasileiro a vencer a corrida desde que ela virou internacional, em 1945. O primeiro atleta a realizar esta proeza foi Sebastião Alves Monteiro, que ganhou em 45 e 46.

"A primeira vitória foi o ponto mais alto da minha carreira. Me segue até hoje como uma sombra", diz o atleta, que agora dedica-se a treinar novos atletas. Mas ele admite que precisou de tempo para dimensionar o feito. "Eu não tinha noção da importância disso. Demorei um ano para entender. Sempre fui muito realista e fui dimensionando aos poucos", explica.

Nos dois anos seguintes, em 81 e 82, José João foi terceiro colocado. Em 83, uma fratura no braço, durante um treinamento, o impediu de disputar a prova. Em 84, ele voltou em boa forma, mas não conseguiu superar o português Carlos Lopes, medalha de ouro nas Olimpíadas de Los Angeles (84) e ficou com o vice.

A segunda vitória dele na tradicional corrida veio em 85, para reafirmar seu nome na lista dos grandes campeões da São Silvestre. Desta vez, ele completou o trajeto em 36min48, liderando de ponta a ponta e deixando para trás o equatoriano Rolando Vera, que seria depois seria tetracampeão da prova (86-89). No seguinte, ele completou dez participações na prova, terminando em 11º lugar. Nada mal para quem foi totalmente desacreditado quando começou a correr, em 75, por ser desajeitado, o que lhe rendeu o apelido de arataca (arapuca).

"Acho que o maior serviço que prestei ao esporte foi vencer a São Silvestre, porque incentivei a participação popular. Veja, hoje, como a corrida é imensa. Daqui a pouco vai precisar de duas (avenidas) Paulistas para caber todo mundo."

Fase Internacional
AnoAtletaPaísTempoDistância
1945Sebastião A. MonteiroBrasil21min54s7 Km
1946Sebastião A. MonteiroBrasil21min57s7 Km
1947Oscar MoreiraUruguai21min45s7 Km
1948Raul InostrozaChile22min18s7 Km
1949Viljo HeinoFinlândia22min45s7.3 Km
1950Lucien TheysBélgica22min37s7.3 Km
1951Erik KruczikyAlemanha22min26s7.3 Km
1952Franjo MihalicIugoslávia21min38s7.3 Km
1953Emil ZatopekChecoslováquia20min30s7.3 Km
1954Franjo MihalicIugoslávia23min7.3 Km
1955Kenneth NorrisGrã-Bretanha22min18s7.4 Km
1956Manoel FariaPortugal21min58s7.4 Km
1957Manoel FariaPortugal21min37s7.4 Km
1958Osvaldo SuarezArgentina21min40s7.4 Km
1959Osvaldo SuarezArgentina21min55s7.4 Km
1960Osvaldo SuarezArgentina22min2s17.4 Km
1961Martin HymanGrã-Bretanha21min24s7.4 Km
1962Hamoud AmeurFrança22min08s7.4 Km
1963Henry ClerckxBélgicaN/A7.4 Km
1964Gaston RoelantsBélgica21min37s7.4 Km
1965Gaston RoelantsBélgica21min20s7.4 Km
1966Alvaro Mejia FloresColômbia29min57s9.2 Km
1967Gaston RoelantsBélgica24min55s8.7 Km
1968Gaston RoelantsBélgica24min32s8.7 Km
1969Juan MartinezMéxico24min02s8.7 Km
1970Frank ShorterEUA24min27s8.9 Km
1971Rafael Tadeo PalomaresMéxico23min47s8.7 Km
1972Victor MoraColômbia23min24s8.7 Km
1973Victor MoraColômbia23min25s8.7 Km
1974Rafael Angel PerezCosta Rica23min58s8.9 Km
1975Victor MoraColômbia23min13s8.9 Km
1976Edmundo WarnkeChile23min50s8.9 Km
1977Domingo TibaduizaColômbia23min55s8.9 Km
1978Radhouane BousterFrança23min51s8.9 Km
1979Herb LindsayEUA23min26s8.9 Km
1980José João da SilvaBrasil23min40s8.9 Km
1981Victor MoraColômbia23min30s8.9 Km
1982Carlos LopesPortugal39min41s13.5 Km
1983João da MataBrasil37min39s12.6 Km
1984Carlos LopesPortugal36min43s12.6 Km
1985José João da SilvaBrasilN/A12.6 Km
1986Rolando VeraEquador36min45s12.6 Km
1987Rolando VeraEquador39min02s13.0 Km
1988Rolando VeraEquador36min23s13.0 Km
1989Rolando VeraEquador36min45s13.0 Km
1990Arturo BarriosMéxico35min57s12.6 Km
1991Arturo BarriosMéxico44min47s15 Km
1992Simon ChemwoyoQuênia44min08s15 Km
1993Simon ChemwoyoQuênia43min20s15 Km
1994Ronaldo da CostaBrasil44min11s15 Km
1995Paul TergatQuênia43min12s15 Km
1996Paul TergatQuêniaN/A15 Km
1997Émerson Iser BemBrasil44min40s15 Km
1998Paul TergatQuênia44min47s15 Km
1999Paul TergatQuênia44min35s15 Km
2000Paul TergatQuênia43min57s15 Km
2001Tesfaye JifarEtiópia44min15s15 Km
2002Robert CheruiyotQuênia44min59s15 Km
2003Marílson dos SantosBrasil43min50s15 Km
2004Robert CheruiyotQuênia44min43s15 Km
2005Marílson dos SantosBrasil44min22s15 Km
2006Frank CaldeiraBrasil44min06s15 Km
2007Robert CheruiyotQuênia44min43s15 Km

Um comentário:

  1. O mais legal é que esses atletas usavam a camisa do São Paulo que mais o caracteriza como São Paulo. Acho que em qulquer modalidade, não deveriam usar outra, a não ser a de listras verticais.

    ResponderExcluir

Grandes Taças