SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE

CNPJ/MF nº 60.517.984/0001-04
Fundação: 25 de janeiro de 1930
Apelidos: O Mais Querido, Clube da Fé, SPFC, Tricolor Paulista.
Esquadrão de Aço (30-35), Tigres da Floresta (30-35), Rolo Compressor (38-39, 43-49), Tricolor do Canindé (44-56), Rei da Brasilidade (50-60), Tricolor do Morumbi (60-), Máquina Tricolor (80/81), Tricolaço (80/81), Menudos do Morumbi (85-89), Máquina Mortífera (92/93), Expressinho Tricolor (94), Time de Guerreiros (2005), Soberano (2008), Jason (08-09).
Mascote: São Paulo, o santo.
Lema: Pro São Paulo FC Fiant Eximia (Em prol do São Paulo FC façam o melhor).
Endereço: Pr. Roberto Gomes Pedrosa, 1. Morumbi; São Paulo - SP. CEP: 05653-070.
Site Oficial: www.saopaulofc.net
E-mail: site@saopaulofc.net
Telefone: (55-0xx11) 3749-8000. Fax: 3742-7272.

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Independente Esporte Clube

Independente Esporte Clube
Uma Idéia que não deu certo

por Júlio Diego Bovi para o Blog da SoccerLogos.

Em 1935 o futebol brasileiro vivia um momento de turbulência, com a implantação do profissionalismo. Muitos clubes se dirigentes não aceitavam e se mantinham fiéis as entidades que apoiavam o amadorismo. Os demais clubes começavam a fundar novas associações que abrigassem o futebol profissional.

No futebol paulista isto não foi diferente. Os grandes clubes do estado, que apoiavam o futebol profissional, fundaram a Liga Paulista de Futebol. Os demais clubes, a grande maioria pequenos clubes, mantiveram-se fiéis a Associação Paulista de Esportes Atléticos.

Associado a este fato, com a fusão do São Paulo Futebol ao Clube de Regatas Tietê, muitos de seus jogadores e dirigentes não aceitando esta fusão, resolveram fundar um novo clube. Nascia o Independente Esporte Clube, que nascia com uma proposta inédita para os padrões da época, o COOPERATIVISMO, que consistia no rateio entre dirigentes e jogadores dos lucros, mas também das despesas da equipe. Inclusive esta proposta teve frutos no Rio de Janeiro, com o aparecimento do Olympico e em Santos com o União, que desapareceram em pouco tempo.

Esta equipe também vinha de encontro a intenção da A.P.E.A., pois congregava em suas fileiras jogadores de prestígio no futebol brasileiro (Araken, Heitor, Hércules, entre outros) o que poderia despertar interesse no campeonato desta entidade.

Infelizmente o clube teve vida efêmera, desaparecendo ao final do ano, devido a proposta de reorganização do São Paulo Futebol Clube. Neste período de vida curta, a equipe chegou a iniciar o Campeonato Paulista pela A.P.E.A., mas após duas partidas retirou-se do campeonato e pediu filiação a L.P.F., onde não chegou a disputar o campeonato e foi extinto.

Em sua pequena vida, estas foram as partidas disputadas por esta equipe:

Amistosos

14.04.1935 Independente EC 4 x 2 A Portuguesa D, em São Paulo.
21.04.1935 Independente EC 0 x 1 América FC (RJ), em São Paulo.
28.04.1935 Bandeirantes FC 1 x 4 Independente EC, em Santos.
01.05.1935 América FC 2 x 1 Independente EC, no Rio de Janeiro.
02.05.1935 Fluminense FC 1 x 3 Independente EC, no Rio de Janeiro.
23.05.1935 CR Flamengo 2 x 1 Independente EC, no Rio de Janeiro.
26.05.1935 Comercial FC 1 x 1 Independente EC, em Ribeirão Preto.
02.06.1935 Independente EC 0-1 A Portuguesa D, em São Paulo.
11.08.1935 Independente EC 0-5 AA Portuguesa, em Santos.

Campeonato Paulista

16.06.1935 Independente EC 0 x 1 Jardim América EC, em São Paulo.
07.07.1935 São Caetano EC 4 x 3 Independente EC, em São Caetano do Sul.

Os artilheiros da equipe nesta pequena vida futebolística foram:

Vega 4 gols.
Luna 3 gols.
Araken e Sandro 2 gols cada.
Armandinho, Gregorur, Carazzo, Heitor, Hércules e Raffa 1 gol cada.

Veja também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grandes Taças