SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE

CNPJ/MF nº 60.517.984/0001-04
Fundação: 25 de janeiro de 1930
Apelidos: O Mais Querido, Clube da Fé, SPFC, Tricolor Paulista.
Esquadrão de Aço (30-35), Tigres da Floresta (30-35), Rolo Compressor (38-39, 43-49), Tricolor do Canindé (44-56), Rei da Brasilidade (50-60), Tricolor do Morumbi (60-), Máquina Tricolor (80/81), Tricolaço (80/81), Menudos do Morumbi (85-89), Máquina Mortífera (92/93), Expressinho Tricolor (94), Time de Guerreiros (2005), Soberano (2008), Jason (08-09).
Mascote: São Paulo, o santo.
Lema: Pro São Paulo FC Fiant Eximia (Em prol do São Paulo FC façam o melhor).
Endereço: Pr. Roberto Gomes Pedrosa, 1. Morumbi; São Paulo - SP. CEP: 05653-070.
Site Oficial: www.saopaulofc.net
E-mail: site@saopaulofc.net
Telefone: (55-0xx11) 3749-8000. Fax: 3742-7272.

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Ego versus Alterego

Por três oportunidades o São Paulo teve por adversário o São Paulo em jogos oficiais. Obviamente não enfrentou sigo mesmo, mas sim clubes do interior inspirados no próprio clube da capital paulista.

*Sem considerar o antigo SPR (São Paulo Railway), que deu origem ao Nacional AC e que nada tinha a ver com o SPFC.

O São Paulo Futebol Clube de Araçatuba.
Fundado em 15 de novembro de 1948 de uma maneira peculiar. Os esportistas da cidade queriam fundar um clube, mas não conseguiam chegar a um consenso sobre que clube paulistano iriam homenagear ao batizá-lo. Com empenho, conseguiram realizar um torneio com o trio de ferro do futebol paulista: o nome adotado seria a da equipe vencedora.

Não deu outra, o São Paulo foi campeão e assim nascia um clube irmão, ou ahn, filho... Enfim. Já no ano seguinte ocorreria o primeiro embate entre as duas associações:

13/02/1949 Amistoso Nacional
Araçatuba (SP)
SÃO PAULO Futebol Clube (Araçatuba - SP) 0 X 8 SÃO PAULO Futebol Clube (SP)
Bertolucci (Tabarelli); Savério (Renato) e Mauro; Bauer (Azambuja), Ruy (Armando) e Noronha; China, Ponce de León (Zé Brás), Leônidas, Remo e Teixeirinha (Leopoldo).
Técnico: Vicente Feola.
Gols: Leônidas, Ponce de León (2), China (4) e Zé Brás.
Árbitro: José de Moura Leite.
Não houve jogador do SPFC expulso nessa partida.
Renda: Desconhecida.
Público: Desconhecido.

Uma implacável goleada no primo distante, que todavia, não se repetiu no último confronto entre as equipes:

27/07/1952 Amistoso Nacional
Araçatuba (SP)
SÃO PAULO Futebol Clube (Araçatuba - SP) 1 X 1 SÃO PAULO Futebol Clube (SP)
Bertolucci; De Sordi e Mauro (Clélio); Pé-de-Valsa (Turcão), Ruy e Alfredo Ramos; Maurinho (Marin), Gustavo Albella, Durval, Nicolás Moreno e Teixeirinha (Nenê).
Técnico: Vicente Feola.
Gol: Turcão.
Árbitro: José Paula.
Não houve jogador do SPFC expulso nessa partida.
Renda: Desconhecida.
Público: Desconhecido.

O São Paulo de Araçatuba perdurou até 1954, mudando seu nome para Araçatuba EC (que não é nenhum dos dois atuais Araçatuba), porém, reativou-se brevemente entre 1963 e 1964, desaparecendo definitivamente depois disso.

O São Paulo Esporte Clube de Londrina.
Fundado em 07 de setembro 1965 de maneira mais tradicional, nosso xará do norte do Paraná conquistou maiores glórias que o precedente araçatubense. Além de participar da primeira divisão do estadual, conquistou por duas vezes o campeonato de juniores (1992 e 2003) e manteve-se ativo até os dias de hoje.

Somente jogamos contra os londrinenses uma vez, ainda no ano de sua criação:

08/12/1965 Amistoso Nacional
Londrina (PR)
SÃO PAULO Esporte Clube (PR) 1 X 2 SÃO PAULO Futebol Clube (SP)
Gilberto; Celso, Jurandir, Roberto Dias (Fernando) e Tenente; Zoé (Carbone) e Nenê (Valter); Peter, Zé Roberto (Tático), Paulo Valentim (Pagão) e Paraná.
Técnico: Jim Lopes.
Gols: Peter e Paulo Valentim.
Árbitro: Geraldo Pimentel.
Não houve jogador do SPFC expulso nessa partida.
Renda: Desconhecida.
Público: Desconhecido.

Foram poucos jogos se pensarmos que em toda história o SPFC já inspirou a formação de dezenas de clubes de futebol profissionais, como você pode ver em São Paulo Fever.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grandes Taças