SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE

CNPJ/MF nº 60.517.984/0001-04
Fundação: 25 de janeiro de 1930
Apelidos: O Mais Querido, Clube da Fé, SPFC, Tricolor Paulista.
Esquadrão de Aço (30-35), Tigres da Floresta (30-35), Rolo Compressor (38-39, 43-49), Tricolor do Canindé (44-56), Rei da Brasilidade (50-60), Tricolor do Morumbi (60-), Máquina Tricolor (80/81), Tricolaço (80/81), Menudos do Morumbi (85-89), Máquina Mortífera (92/93), Expressinho Tricolor (94), Time de Guerreiros (2005), Soberano (2008), Jason (08-09).
Mascote: São Paulo, o santo.
Lema: Pro São Paulo FC Fiant Eximia (Em prol do São Paulo FC façam o melhor).
Endereço: Pr. Roberto Gomes Pedrosa, 1. Morumbi; São Paulo - SP. CEP: 05653-070.
Site Oficial: www.saopaulofc.net
E-mail: site@saopaulofc.net
Telefone: (55-0xx11) 3749-8000. Fax: 3742-7272.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

Camisa em R$ 25 milhões?

São Paulo avalia camisa em R$ 25 milhões

Por Rodrigo Bueno.
Para a Folha de São Paulo.
26/11/2006.

São Paulo e LG fazem hoje o casamento comercial mais vitorioso e duradouro da elite do futebol paulista, mas os dois têm números bem diferentes para avaliar o valor de mercado atual da camisa são-paulina.

"Pelas nossas contas preliminares, com os títulos que teve, com mais uma Libertadores, um patrocínio hoje na camisa do São Paulo poderia sair por R$ 25 milhões [por temporada]. Pediríamos isso. Na última renovação com a LG, os valores passaram de R$ 8 milhões para R$ 16 milhões", diz Júlio César Casares, responsável pelo marketing do clube do Morumbi.

O último contrato, que se estende até 2008, já supera o acordo que a MSI conseguiu para o Corinthians com a Samsung e o que o Flamengo mantém com a estatal Petrobras.

"Não acho que os valores hoje alcancem R$ 25 milhões. Acho até que está inflacionado. Na última renovação, discutimos depois de títulos mais importantes que o Brasileiro, que foram a Libertadores e o Mundial. Mas a parceria entre São Paulo e LG vai muito além de patrocínio. São várias ações, camarote no Morumbi, promoções em viagens ao interior, ao Nordeste", fala Eduardo Toni, gerente de marketing da LG.

Desde 1982, quando o São Paulo passou a usar patrocínio em seu uniforme, nenhuma empresa ficou tanto tempo com seu nome na camisa do clube. O acordo com a LG nasceu em 2001, na gestão ainda do ex-presidente Paulo Amaral --vieram em seguida duas de Marcelo Portugal Gouvêa e a atual de Juvenal Juvêncio.

"Foram vendidas no ano passado 148 mil camisas do São Paulo. Neste ano, foram 400 mil. São 400 mil propagandas da LG. A torcida do São Paulo é bem distribuída nas classes A e B, C e D e E. É a que mais cresce. Recebemos sondagens de três outras multinacionais querendo saber quando acaba o contrato", relata Casares.

A LG destaca a valorização da marca do São Paulo, aponta aumento no seu faturamento no Brasil e aposta em renovação além de 2008. Já o São Paulo briga por mais verba até das TVs, como ocorre no Paulista.

"Nosso faturamento aumentou mais de 40% em um ano. Em 2004, foi de US$ 850 milhões. Em 2005, foi para US$ 1,4 bilhão. Em 2006, está próximo de US$ 2 bilhões. O São Paulo dá uma visibilidade muito boa, tanto que é nosso parceiro desde 2001 e mantivemos o patrocínio no período em que o time não ganhou títulos de expressão. Mas não é só por causa do São Paulo que crescemos assim", declara Toni.

Segundo o homem do marketing da LG, a empresa e o clube têm imagens semelhantes. "O São Paulo é visto como um clube organizado, com planejamento. Há troca de presidentes, mas os compromissos são mantidos. Por isso a LG tem uma sinergia com o São Paulo. Pensamos em continuar com o clube. É normal outras empresas sondarem o São Paulo, assim como muitos clubes nos procuram, mas o São Paulo e a LG são muito parecidos", diz.

A empresa de eletroeletrônicos tem camarote com 198 m2 e capacidade para 65 convidados no Morumbi, estádio no qual investiu cerca de US$ 1 milhão nas adequações do mesmo ao Estatuto do Torcedor.

O São Paulo estampa nas mangas de sua camisa o nome de uma rede de lojas de eletroeletrônicos, parceria que foi intermediada neste ano pela LG.

"A torcida do São Paulo, concordo, é a que mais cresce no Brasil. E os são-paulinos, claro, são grandes consumidores dos produtos da LG", afirma Toni.

No contrato entre o clube a empresa, consta que a LG tem preferência na renovação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Grandes Taças