SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE

CNPJ/MF nº 60.517.984/0001-04
Fundação:
25/27 de janeiro de 1930 (16 de dezembro de 1935).
Apelidos: O Mais Querido, Clube da Fé, SPFC, Tricolor Paulista.

Esquadrão de Aço (30-34), Tigres da Floresta (30-35), Rolo Compressor (38-39, 43-49), Tricolor do Canindé (44-56), Rei da Brasilidade (50-60), Tricolor do Morumbi (60-), Máquina Tricolor (80/81), Tricolaço (80/81), Menudos do Morumbi (85-89), Máquina Mortífera (92/93), Expressinho Tricolor (94), Time de Guerreiros (2005), Soberano (2008), Jason (08-09), 633 Squadron (2009).

Mascote: São Paulo, o santo.

Lema: Pro São Paulo FC Fiant Eximia (Em prol do São Paulo FC façam o melhor).

Endereço: Pr. Roberto Gomes Pedrosa, 1. Morumbi; São Paulo - SP.
CEP: 05653-070.
Site Oficial: www.saopaulofc.net ou www.spfc.com.br

E-mail: site@saopaulofc.net
Departamento Amador: esportesamadores@saopaulofc.net

Telefone: (55-0xx11) 3749-8000. Fax: 3742-7272.

domingo, 8 de novembro de 2009

Rei das Décadas

O São Paulo, além de ser o clube mais vezes campeão paulista pela Federação Paulista de Futebol (de 1941 para cá: 20 títulos), de ser o clube mais vezes campeão paulista profissional (de 1933 em diante: 20 títulos), de ser o clube mais vezes campeão paulista desde sua fundação (de 1930 em diante: 21 títulos), possuindo assim a melhor média neste quesito, também é o clube com mais "coroações" de Rei da Década.

São quatro as décadas com as cores tricolores

Eis o resumo:

Década de 1902-1910: São Paulo AC (3 títulos: 02, 03, 04).
Década de 1911-1920: CA Paulistano (5 títulos: 13, 16, 17, 18, 19).
Década de 1921-1930: SC Corinthians P (6 títulos: 22, 23, 24, 28, 29, 30).
Década de 1931-1940: SS Palestra Itália (5 títulos: 32, 33, 34, 36, 40).
Década de 1941-1950: São Paulo FC (5 títulos: 43, 45, 46, 48, 49).
Década de 1951-1960: Santos FC (4 títulos: 55, 56, 58, 60).
Década de 1961-1970: Santos FC (7 títulos: 61, 62, 64, 65, 67, 68, 69).
Década de 1971-1980: São Paulo FC (3 tit.: 71, 75, 80), SE Palmeiras (72, 74, 76).
Década de 1981-1990: São Paulo FC (4 títulos: 81, 85, 87, 89).
Década de 1991-2000: São Paulo FC (4 títulos: 91, 92, 98, 00).

E no que tange ao campeonato brasileiro, o São Paulo é o único clube brasileiro a ser campeão em todas as décadas da competição.

Adendo em gráficos - por Jaime Moreira:


15 comentários:

  1. Obrigado, Michael, pela inclusão dos gráficos.

    "O campo é alviverde, a bola é alvinegra*, mas o campeão é TRICOLOR."
    Notem que em 1992 o SPFC atingiu a marca de um título Paulista a cada ~3,5 anos. E em 1931, um título a cada 2 anos, por ser campeão em seu segundo ano.

    *OBS.: Hoje em dia, nem tanto. A bola tem cores variadas.

    Jaime Moreira.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom os gráficos!

    Então temos a melhor média desde 1987?

    Seria legal também um gráfico considerando apenas os títulos a partir de 1930. Quando o São Paulo passou a ter o maior número de títulos (começando a contar a partir de 30)?

    ResponderExcluir
  3. Você tem razão. Desde 1987 temos a melhor média.
    O gráfico que você sugeriu é interessante também. Outro detalhe não considerado é que nos anos de 1913 a 1916, 1926 a 1929, 1935 e 1936 houve mais de um campeonato (ligas diferentes) e mais um título dividido em 1973 (O árbitro Armando Marques esqueceu que a Lusa tinha três pênaltis a cobrar contra o Santos que converteu os três primeiros).
    SC Corinthians Pta: 4 títulos divididos: 1914, 1916, 1928 e 1929.
    SE Palmeiras: 3 títulos divididos: 1926, 1927 e 1936.
    Santos FC: 2 títulos divididos: 1935 e 1973.
    São Paulo FC: nenhum título dividido.

    ResponderExcluir
  4. Essa hegemonia (da média) tem sido ameaçada pela postura do São Paulo em deixar o torneio em segundo plano a partir de 2005, o que muito me desagrada. Nesse ano o SPFC fez um Paulista perfeito e acabou conquistando a Libertadores e o Mundial. Depois disso, não tivemos mais um grande 1º semestre. É preciso pensar melhor no 1º semestre de 2010, Juvenal...

    A compensação veio com o desempenho no segundo semestre, no Brasileirão: Tetra, Penta, Hexacampeão e forte na briga pelo Hepta.

    ResponderExcluir
  5. Se São Paulo conseguiu essa hegemonia sem conquistar tris no Paulistão, ele é o Grande cuja maior fila é a menor de todas:
    SPFC: 1957 - 1970 - 13 anos.
    SEP: 1976 - 1993 - 16 anos.
    SFC: 1912 - 1935 - 23 anos
    SCCP: 1954 - 1977 - 23 anos.
    Os gráficos estão bons, porque os patamares horizontais indicam essas filas.
    Muito bom Michael!!!

    ResponderExcluir
  6. Se bem que parecem eletrocardiogramas.
    Coração vermelho (SPFC), preto (Santos), verde (Palmeiras) e roxo (??? Corinthians kkkk).

    ResponderExcluir
  7. Pq quando amplia, o gráfico não é o mesmo?

    ResponderExcluir
  8. Por falha minha no editor do post. haha vo arrumar, desculpe

    ResponderExcluir
  9. Inverteu, mas ainda é diferente (???).

    ResponderExcluir
  10. Acho que o servidor não tá atualizando o gráfico. É que o autor alterou alguns detalhes nos graficos, ai re-upei.

    Amanhã voltando do trabalho verifico isso direito. Pq deu minha hora, hehe. Parece que é só o ultimo, no começo.

    =/

    ResponderExcluir
  11. Vi gráficos interessantes em outro blog também:
    http://saopaulinosdearaxa.blogspot.com/2009/11/saude-de-campeao.html

    ResponderExcluir
  12. hehe esse grafico do GE é muito bom, temos algo parecido aqui tb, e vo esperar acabar o desse ano pra atualizar.

    E descobri a falha das imagens. foram duas falhas. O cache do servidor nao estava atualizando mesmo, nao sei pq, por isso mudei o nome dos arquivos.

    Outra coisa, é que hospedo por ftp, e nao notei que a extensao das imagens tava diferente.. inves de .jpg estava .JPG e isso (sei la porque) faz diferença...

    arre, enfim, desculpem
    mas ja arrumado.

    ResponderExcluir
  13. Deviam colocar a garotada de 17 e 18 anos da Copa São Paulo no Paulistão desse ano, até mesmo no mata-mata.

    ResponderExcluir
  14. Deviam colocar a garotada de 17 e 18 anos da Copa São Paulo no Paulistão desse ano, até mesmo no mata-mata.(2)

    ResponderExcluir
  15. São Paulo com esquadrão, além de ganhar títulos importantes, atropela no Paulistão, historicamente. Essa história de desprezar é mais recente. Essa Federação Paulista que aí está complica um bocado também, mas, esse ano foi incompetência do time mesmo.

    ResponderExcluir

Grandes Taças