SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE

CNPJ/MF nº 60.517.984/0001-04
Fundação: 25 de janeiro de 1930
Apelidos: O Mais Querido, Clube da Fé, SPFC, Tricolor Paulista.
Esquadrão de Aço (30-35), Tigres da Floresta (30-35), Rolo Compressor (38-39, 43-49), Tricolor do Canindé (44-56), Rei da Brasilidade (50-60), Tricolor do Morumbi (60-), Máquina Tricolor (80/81), Tricolaço (80/81), Menudos do Morumbi (85-89), Máquina Mortífera (92/93), Expressinho Tricolor (94), Time de Guerreiros (2005), Soberano (2008), Jason (08-09), Exército da Salvação (2017).
Mascote: São Paulo, o santo.
Lema: Pro São Paulo FC Fiant Eximia (Em prol do São Paulo FC façam o melhor).
Endereço: Pr. Roberto Gomes Pedrosa, 1. Morumbi; São Paulo - SP. CEP: 05653-070.
Site Oficial: www.saopaulofc.net
E-mail: site@saopaulofc.net
Telefone: (55-0xx11) 3749-8000. Fax: 3742-7272.

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Pela segunda vez nos pontos corridos, Tricolor é o último invicto do Brasileirão


Após cinco rodadas em 2018, São Paulo repete feito que não ocorria há 14 anos.

Com gols de Tréllez e de Shaylon, este, já nos acréscimos do segundo tempo, o São Paulo empatou com o Bahia em 2 a 2, fora de casa, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro de 2018. O resultado manteve o Tricolor invicto na campanha do torneio nacional. Além, aliado as derrotas de Flamengo, frente à Chapecoense; Palmeiras, contra o Corinthians; e Vasco, para o Vitória, fez o clube se tornar o único time a não conhecer a derrota nesta temporada.

Desde a adoção do sistema de pontos corridos para a competição, em 2003, esta foi a segunda vez que o Tricolor assegurou o posto de “último invicto”. A primeira vez se deu no ano de 2004, quando o São Paulo permaneceu seis rodadas sem perder jogo algum.

Naquela ocasião, os tricolores fizeram a seguinte jornada: 1x0 no Atlético-PR (C), 1x1 com o Criciúma (F), 1x0 Fluminense (C), 3x2 Guarani (F), 2x1 Coritiba (F) e 2x2 Paraná (C). A primeira derrota veio contra o Cruzeiro, no Mineirão, na sétima rodada (1x2).

Quem se manteve parelho ao Tricolor, naquela vez, foi o São Caetano, que caiu frente ao Figueirense na sexta rodada.

Em 2018, o São Paulo superou o Paraná por 1 a 0 (C), e empatou com Ceará, 0 a 0 (F); Fluminense, 1 a 1 (F), Atlético-MG, 2 a 2 (C), e Bahia, 2 a 2 (F), jogo deste último domingo, dia 13.
Confira, abaixo, a relação dos “últimos invictos” desde 2003:

2003: Cruzeiro, 9 rodadas
2004: São Paulo, 6 rodadas
2005: Juventude, 6 rodadas
2006: Internacional, 5 rodadas
2007: Corinthians, 7 rodadas
2008: Cruzeiro, 5 rodadas
2009: Atlético-MG, 7 rodadas
2010: Corinthians, 9 rodadas
2011: Flamengo, 16 rodadas
2012: Fluminense, 11 rodadas
2013: Coritiba, 10 rodadas
2014: Internacional, 6 rodadas
2015: Sport, 11 rodadas
2016: Chapecoense, 6 rodadas
2017: Corinthians, 20 rodadas
2018: São Paulo, no mínimo 5 rodadas

Turminha do Morumbi



Anúncio de revista em quadrinhos infanto-juvenil publicado na Revista São Paulo Notícias nº 74 de agosto de 1993.

Desconheço se tal publicação chegou a ser lançada, de fato.

quinta-feira, 15 de março de 2018

A primeira marchinha de carnaval em homenagem ao São Paulo

Glória ao São Paulo F.C.

São Paulo Futebol Clube
O glorioso veterano
Elle tem toda razão
És filho do Paulistano
Sempre firme na contagem
Não jogamos pra perder
Vencendo as difficuldades
Venceram hão de vencer

Viva S. Paulo!
Os queridos onze
Corações de ouro
Com seus pés de bronze

(bis)

Em seu campo verdejante
São Paulo não tem rival
Com seus onze bandeirantes
Suas cores têm que honrar
São Paulo já vamos embora
Nós viemos aqui visitar
Boa noite, está na hora
Dar um viva ao Carnaval.

Marchinha criada para o Carnaval de 1932 em honra ao Campeão Paulista de 1931, ao visto por alguém identificado como Butifu (seria corruptela de Beautiful?) para o desfile do bloco do Grupo Carnavalesco Desprezados, do bairro da Penha.

Ao que parece, de tal grupo fez parte o fundador da Nenê de Vila Matilde. 




Exposição Canina

(A Gazeta de 17 de março de 1931)

Além da curiosidade que o próprio evento representa, o endereço citado, onde se colhia inscrições, me é novidade na história do São Paulo - Rua Xavier de Toledo, 9. Aparenta ser alguma sede administrativa. A Exposição, em si, não está clara se foi realizada lá, ou na Chácara da Floresta - o mais provável.

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Mascote do São Paulo para o jornal Correio Paulistano

Nos anos 40, como já mostramos, cada jornal da capital paulista ilustrava o mascote do Tricolor de um jeito diferente. Para a Gazeta Esportiva, era São Paulo Apóstolo, como chamamos hoje, o Santo Paulo.

Para o jornal O Esporte, era um pato (!?) semelhante ao Donald, da Disney (detalhe: o quadrinho só começou a ser publicado no Brasil em 1950, mas o caricaturista certamente já conhecia a famosa obra norte-americana).

E para o jornal Correio Paulistano, o mascote são-paulino era um bandeirante (assim imagino).


(Depois da goleada de 5 a 1 sobre o Palmeiras em 24 de julho de 1949).



Os desenhos são do cartunista Lelio.

sábado, 24 de fevereiro de 2018

Caricatura de Dino Sani no Jornal O Globo

Jornal O Globo de 28 de março de 1960.
Não consegui descobrir a autoria.

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Camisa de Torcedor (Goleiro) Reebok 2008


Denominada "Black", foi criada como modelo de torcedor, foi utilizada por Rogério Ceni. Nunca utilizada por jogadores de linha. 

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Camisa de Torcedor Reebok 2009


Modelo inspirado na camisa III de 1966.

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Camisa de Torcedor (Goleiro) Reebok 2011


Lançada em 2011, na linha "camisa de torcedor", a peça somente foi utilizada pelo goleiro Rogério Ceni em partidas. O time de linha, no máximo, subiu ao gramado com o uniforme, mas retirou antes do início do jogo. Foi inspirada no modelo da camisa III dos anos 40. 



terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Camisa de Torcedor Reebok 2012 Ídolos Uruguaios


Linha lançada em 2012 como homenagem a quatro jogadores uruguaios da história do Tricolor: Pablo Forlán, Pedro Rocha, Darío Pereyra e Diego Lugano. Oficialmente fazia parte do conjunto de uniformes vendidos como "camisa de torcedor", existente desde 2006.





segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Camisa III Penalty 2013 Cor da Raça


Oficialmente não foi apresentada como uma camisa III, mas como comemorativa pela reforma das cadeiras do Estádio do Morumbi (todas, desde então, vermelhas). Todavia, na prática, ainda mais por ter sido usada pelos jogadores de linha em jogo oficial, é uma camisa III.

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Jogos terminados antes do tempo regulamentar por expulsões e/ou contusões de atletas

15.08.1963 
Campeonato Paulista 1963
Fase Única (Turno)
São Paulo (SP)
Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho - Pacaembu
SÃO PAULO Futebol Clube (SP) 4 X 1 SANTOS Futebol Clube (SP)

A partida foi suspensa aos 8 minutos do segundo tempo. Expulsões: Coutinho, 40/1; Pelé, 40/1. Contundidos: Aparecido, intervalo; Pepe, 3/2; Dorval, 8/2.

23.07.1977 
Campeonato Paulista 1977
1ª Fase (Returno)
São Paulo (SP)
Estádio Cícero Pompeu de Toledo - Morumbi
SÃO PAULO Futebol Clube (SP) 4 X 0 Esporte Clube XV de Novembro (Piracicaba - SP)

O jogo acabou aos 31 minutos do segundo tempo. Expulsões: Pitanga, 41/1; Elói, 45/1. Contundidos: Roberto, 20/2; Ademir, 30/2; Getúlio, 31/2;

28.08.1985
Campeonato Paulista 1985
1ª Fase (Returno)
São Paulo (SP)
Estádio Cícero Pompeu de Toledo - Morumbi
SÃO PAULO Futebol Clube (SP) 2 X 0 PAULISTA Futebol Clube (SP)

Essa partida foi interrompida aos 27 minutos do segundo tempo. Expulsões: Lula, 12/2; Tata, 12/2; André, 20/2; Tuíco, 27/2; Renato, 27/2.

20.04.1995 
Campeonato Paulista 1995
1ª Fase (Returno)
São Paulo (SP)
Estádio Cícero Pompeu de Toledo - Morumbi
SÃO PAULO Futebol Clube (SP) 4 X 1 Associação Atlética PONTE PRETA (SP)

Jogo encerrado aos 31 minutos do segundo tempo. Expulsos: Careca, 27/1; Carlos André, 28/1. Contundidos: Beto Médici, 15/2; Zelão, 20/2; Dionísio, 31/2.

24.10.1995
Supercopa João Havelange & Copa de Ouro Sul-Americana 1995
4ª de Final & Final
Belo Horizonte (MG)
Estádio Governador Magalhães Pinto - Mineirão
CRUZEIRO Esporte Clube (MG) 0 X 1 SÃO PAULO Futebol Clube (SP)

Jogo encerrado aos 2 minutos do segundo tempo. Expulsões: Vanderci, 39/1; Rogério, 39/1; Fabinho, 42/1; Marcelo Ramos, 42/1. Contundido: Luis Fernando Gomes, 2/2.

O São Paulo nunca perdeu um jogo, ou deixou de prosseguir com o mesmo, por esses motivos (expulsão ou contusão).

Grandes Taças